- CAROLINA REAPER A PIMENTA MAIS ARDIDA DO MUNDO  -

WhatsApp Image 2020-02-19 at 11.17.53.jp

Pimenta do Grande

SOMOS UMA EMPRESA PRODUTORA DE PIMENTAS NUCLEARES COM CAPACIDADE PRODUTIVA DE GRANDE ESCALA

Cultivamos as pimentas nucleares mais ardidas do mundo, Carolina Reaper , Trinidad Scorpion e Bhut Jolokia, e garantimos a qualidade dos frutos cultivados, desde a criação das mudas até a distribuição. 

Com sementes 100% brasileiras, nossos frutos são do tipo exportação. Fornecemos a clientes nacionais e trabalhamos com safras enviadas para todo o mundo.

 

 

As Pimentas mais fortes do mundo

Com uma pungência ultrapassa 1 milhão de unidades na escala Scoville (SHU) - método utilizado para medir o grau de pungência (cheiro ou sabor forte e acentuado) de variados tipos de pimentas -, as pimentas nucleares são as mais ardidas e ácidas do mundo.

 

Em geral, são utilizadas apenas na produção de sprays ou molhos de pimenta, pois o fruto consumido, mesmo que em baixíssimas quantidades, pode causar sensações desagradáveis ao organismo humano.

Carolina Reaper

A Carolina Reaper foi classificada como a pimenta mais quente do mundo pelo Guinness World Records (2013), com média de 1.569.300 milhões SHU e níveis de pico de mais de 2.200.000 milhões SHU.

Criada na Carolina do Sul (EUA), de onde seu nome foi inspirado, pelo cultivador Ed Currie, é uma pimenta híbrida da espécie Capsicum chinense, fruto do cruzamento entre a Habanero e a Naga Bhut Jolokia.

O que faz essas pimentas serem tão ardidas é a combinação de substâncias como a capsaicinae capsaicinoides presentes em sua composição. Além disso, a ardência da pimenta e a qualidade do fruto são garantidas no processo produtivo com as características do solo onde são plantadas, a exposição solar, a quantidade e a qualidade do fertilizante, seu processo de secagem e colheita. Na Pimenta do Grande todos esses aspectos são observados para garantir a produção de frutos com uma qualidade diferenciada.

A Carolina Reaper foi classificada como a pimenta mais quente do mundo pelo Guinness World Records (2013), com média de 1.569.300 milhões SHU e níveis de pico de mais de 2.200.000 milhões SHU.

Criada na Carolina do Sul (EUA), de onde seu nome foi inspirado, pelo cultivador Ed Currie, é uma pimenta híbrida da espécie Capsicum chinense, fruto do cruzamento entre a Habanero e a Naga Bhut Jolokia.

O que faz essas pimentas serem tão ardidas é a combinação de substâncias como a capsaicinae capsaicinoides presentes em sua composição. Além disso, a ardência da pimenta e a qualidade do fruto são garantidas no processo produtivo com as características do solo onde são plantadas, a exposição solar, a quantidade e a qualidade do fertilizante, seu processo de secagem e colheita. Na Pimenta do Grande todos esses aspectos são observados para garantir a produção de frutos com uma qualidade diferenciada.

 

   Trinidad Scorpion

A Trinidad Scorpion Moruga (Capsicum chinense), referência ao distrito de Moruga em Trinidad e Tobago, é atualmente a segunda pimenta mais quente do mundo. 


A New Mexico State University Chile Pepper Institute, identificou a Trinidad Scorpion Moruga mistura como a segunda pimenta a entrar para o Guinness World Records em fevereiro de 2012.

 
De acordo com o Instituto, a Trinidad Scorpion Moruga chegou a 2.009.231 SHU na escala Scoville, tornando-se a segunda pimenta mais quente do mundo até 2012.

 
Chile Pimenta Institute New Mexico State University é a única organização internacional, sem fins lucrativos científica dedicada à educação e pesquisas relacionadas à Capsicum ou pimentas do Chile.

 
Seu calor média superou mais de 1,2 milhões de unidades na escala Scoville de calor, enquanto os frutos de uma planta individual chegou a 2.009.231 SHU de unidades de calor.

 
 

A Bhut Jolokia, também conhecida como Naga Jolokia, Ghost Chili, Ghost Pepper e Naga Morich, é uma pimenta de origem indiana considerada pelo Guinness World Records a terceira pimenta mais forte do mundo, com 1.304.000 SHU. 


Quando alguém morde a pimenta, ela se rompe e libera a capsaicina, seu composto químico ativo mais importante. 
A substância estimula os receptores de calor e de dor presentes em toda a língua. 


E faz com que os receptores opióides do sistema nervoso simpático produzam endorfina - responsável pela sensação de bem-estar. 
 

A capsaicina também altera o equilíbrio térmico do corpo, provocando ondas de calor e suor.

 
Show More

Nossa Produçã0

CUIDAMOS DA NOSSA PRODUÇÃO DESDE AS MUDAS ATÉ A DISTRIBUIÇÃO

Inovação é a principal marca do nosso processo produtivo. Utilizamos tecnologias agrícolas de ponta e criteriosos padrões de qualidade na criação das mudas e na nutrição dos pés de pimenta para garantir a produção de frutos saudáveis, de superfície áspera, vermelho brilhante e tamanho médio e com a ardência e acidez originais da Carolina Reaper, Trinidad Scorpion e Bhut Jolokia.

Escolhemos Almenara, uma cidade do interior de Minas Gerais, como local para receber o plantio de 20 mil pés das pimentas mais ardidas do mundo 100% brasileiras. O solo e o alto nível de luminosidade favorecem o plantio, atendendo as necessidades da planta e possibilitando o crescimento de frutos com a melhor qualidade. 

A junção desses aspectos possibilita a produção permanente de toneladas de pimentas, no período de safra e  na entre safra

Fertirrigaçã0

FERTIRRIGAÇÃO é uma técnica, com alto grau de precisão, utilizada para aplicar fertilizantes naturais, via água de irrigação, o que proporciona maior absorção, aplicação direta na raiz, distribuição uniforme e contínua e aceleração do ciclo dos nutrientes utilizados.

A tecnologia da fertirrigação permite aferir a real necessidade de nutrientes para o solo, em cada fase específica da plantação, de forma que a adubação, a nutrição e a irrigação ocorram nas medidas exatas.

 

Nós, da PIMENTA DO GRANDE, buscando sempre o melhor resultado de nossos produtos, investimos na fertirrigação, sendo mais um fator que traz, aos nossos frutos de pimentas nucleares, qualidade diferenciada.
 

Show More

PARCERIA COM O INSTITUTO FEDERAL

DE ENSINO TECNOLÓGICO

A tecnologia investida em nosso processo produtivo nos tornou referência na produção de pimentas na região de Almenara, MG. A utilização da fertirrigação atrai pesquisadores, alunos e professores que desejam conhecer aplicação do método de irrigação nesse tipo de plantio.

Compreendendo a importância da ciência para a valorização e desenvolvimento da agricultura no país, estabelecemos parceria com o Instituto Federal de Ensino Tecnológico, com a realização de visitas guiadas, com apresentação das técnicas utilizadas no plantio. 

 

Fale Conosco

Email: contato@pimentadogrande.com

Tel: +55 31 99840-2010

Fazenda Renascer / Haras Almenara

Almenara - Minas Gerais - Brasil